Black or Pink

Proponho a vocês a mesma  pergunta  que eu  fiz para um amigo canadense?




"Is it possible that pink is better than black in a human being?"





Nem vou publicar a foto porque isso implicaria  ter que olhá-la outra vez e é exatamente o que eu não quero para minha  vida.

Todos me conhecem por meu espírito tolerante e progressista (até demais), mas não consigo ter ternura por essas mulheres que usam clareadores de pele para "tentarem" ficar "brancas" (o que é ser branco?).  A primeira vez que eu vi no metro de Paris não podia acreditar. "Será que ela realmente crê que alguém acredita que ela é branca ou pensam que tem um câncer de pele?" divaguei no auge do meu asco.



unfairNós mulheres somos oprimidas pelas ditaduras da beleza. Mas isso não as eximir de culpa e nem  me impede de quase vomitar quando uma conhecida de Paris também disse que estava difícil encontrar esse tal "bleaching" ou "whitening" e perguntava se no Brasil não teria para comprar.


Não honey, não tem e se depender de mim não vai ter nunca! Qual neguinha do Brasil nunca ficou horas torrando no sol pra ficar mais preta? Eu, muuuitas vezes e vou continuar assim, quanto mais preta melhor!




Pra resumir minha conversa com ela eu disse: " Ça, c'est dégoûtant, biatch!!"








:: Efigenias ::


o tempo passa...

2 comentários:

  1. [...] não sofre por ter 20 quilos a mais e 20 centimetros a menos? Quem não gostaria de ser mais clarinha, com cabelo mais liso, com mais peito, menos [...]

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...